7

“Vemos pecados mortais em cada esquina e em cada lar. E toleramo-los por serem comuns. São triviais. Toleramo-los de manhã, á tarde e à noite.” diz-nos John Doe em “Se7en”.

É sobre isto que ele quer protestar. É por isto que ele mata.

“Se7en – Sete Pecados Mortais” é um thriller psicológico sobre um serial killer que mata as suas vítimas de acordo com os sete pecados mortais.  Mais uma vez David Fincher mostra-nos que é perito em finais surpresa, ao proporcionar-nos um final absolutamente genial, com os pecados da Inveja e da Ira.

Morgan Freeman e Brad Pitt encabeçam um elenco de luxo, onde Freeman mostra o porquê de ao fim de tantos ainda continuar a ser um dos melhores actores norte-americanos e Brad Pitt dissipa todas as dúvidas (se é que ainda as havia) de que é muito mais do que uma cara bonita.

“Se7en”, um thriller que nos leva ás entranhas da mente humana (terreno seguro para Fincher) é de uma qualidade indiscutível, mas na minha opinião, e contrariamente a muita gente, uns furos abaixo de “Fight Club”.

Advertisements

0 Responses to ““Se7en” (1995) – David Fincher”



  1. Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s




%d bloggers like this: